Aposte no Amor Poderoso de Deus

0
amor poderoso

Amor poderoso? O que significa? Gosto de começar a esclarecer o tema, para tentar evitar confusões. Primeiro, o que se entende como amor e, depois, qual seria o seu poder?

Embora o dicionário defina amor relacionado a um sentimento, essa não é sua essência e muitas vezes nem sua manifestação.

Explico: uma mãe que acorda de madrugada para amamentar seu recém-nascido não o faz para sentir prazer; faz porque é necessário, vital para a criança. O bebê não vai agradecê-la com carinhos ou palavras elogiosas, mas sua recompensa será sua doação pelo bem daquele que ama. O poder do amor da mãe a faz superar cansaço, dores e sono para garantir a vida do filho.

Amor é doação, que pode ou não envolver sentimentos. A recompensa do amor é amar e ponto final. Se amor é doação, é também decisão. A doação é livre, generosa e gratuita; e daí vem seu poder.

Uma pessoa obrigada a fazer algo, embora o faça, não ama. Mesmo que o resultado final possa parecer o mesmo, a motivação muda tudo. Amor pressupõe liberdade de resposta.

São João evangelista, em sua primeira Carta, capítulo 4, final do versículo 8, afirma: “Deus é amor.”

Se Deus é amor e Deus é Todo Poderoso, o amor de Deus é poderoso!

Se Deus é amor, não é possível amar sem Deus! Se você ama de verdade, é Deus quem ama em você.

Tal verdade foi manifestada pelo Filho, segunda Pessoa da Santíssima Trindade, que se encarnou para que esse amor poderoso pudesse ser visto pelos homens. Não só sentido ou percebido, mas visto! Materializado.

Jesus sofreu horrores até a morte para nos libertar da mentira, das garras do pecado. Muito mais que a mãe que levanta de madrugada pelo bem de seu filho.

Deus veio nos dar o que não merecíamos enquanto ainda éramos seus inimigos, veio sofrer o nosso sofrimento para provar que nos ama, ou ainda melhor: Deus veio sofrer o seu sofrimento para provar que ama você!

Cristo viveu em doação o tempo todo. No poço com a Samaritana, pregado na cruz, no elogio à fé dos homens, no beijo de Judas, Ele amou, amou até o fim e isso nos salvou.

O amor salvou o mundo! O amor é capaz de salvar TODAS as situações. Ele é o sentido da nossa existência.

Apostamos no amor poderoso de Deus?

O mundo que “jaz sob o maligno” nos engana! (cf. 1Jo 5,19). O mundo nos ensina a desconfiar quando a coisa é boa demais. Quem já não ouviu ou disse o famoso ditado: “é bom demais para ser verdade”?

Acreditamos nisso porque fomos acostumados a ser enganados. O que essa frase, de aparência inocente, quer manipular em nós? Que a verdade é sempre má; o que é “muito bom” não pode ser verdade. E quando Jesus nos diz: “Eu Sou o Caminho, a Verdade e a Vida”, o inimigo propõe a desconfiança! Se a verdade não é boa, ser cristão também não é. Consequência: se você for cristão, vai sofrer e se iludir.

Com esse discurso corrupto, a serpente vem com sua proposta: coma o fruto proibido e seja feliz de verdade! E nos leva a desobedecer: aproveite a vida para se divertir! Jesus é coisa do passado. Tudo não passa de mito, crendices.

Fazer você desconfiar de Deus é trabalho da expertise do inimigo.

A luta da fé

E como lutar contra isso? Pela fé na Verdade! Convido você a apostar no amor poderoso de Deus! Como nos ensina São Paulo:

“Finalmente, irmãos, fortalecei-vos no Senhor, pelo seu soberano poder Revesti-vos da armadura de Deus, para que possais resistir às ciladas do demônio. Pois não é contra homens de carne e sangue que temos de lutar, mas contra os principados e potestades, contra os príncipes deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal (espalhadas) nos ares. Tomai, por tanto, a armadura de Deus, para que possais resistir nos dias maus e manter-vos inabaláveis no cumprimento do vosso dever. Ficai alerta, à cintura cingidos com a verdade, o corpo vestido com a couraça da justiça e os pés calçados de prontidão para anunciar o Evangelho da paz. Sobretudo, embraçai o escudo da fé, com que possais apagar todos os dardos inflamados do Maligno. Tomai, enfim, o capacete da salvação e a espada do Espírito, isto é, a palavra de Deus” (Ef 6, 10-17).

Não nos deixemos seduzir pelo maligno, mas tomemos posse da doação de Cristo, O Vencedor! Ergamos nossa cabeça e enchamos nossos corações da verdade. Coloquemos a armadura de São Paulo e lutemos como vencedores!

Não há limites para o amor de Deus.

O poder do amor de Deus é infinito. Seu Sangue vertido na cruz cura toda enfermidade. E a condição para experimentarmos isso em nossa vida é crer! É apostar tudo nesse amor poderoso que já fez inúmeros prodígios e continuará fazendo, se ao crermos, apostarmos nele TODAS as nossas fichas.

Se nada acontece em sua vida, não é porque o amor de Deus não é poderoso, mas porque a condição (a nossa parte) que é crer na verdade e apostar nela, não está sendo cumprida. Dizemos crer, mas, no fundo, acreditamos nas mentiras do mundo que diz sermos alienados.

Apostar no amor poderoso de Deus é apostar em Sua palavra e ações, é decisão de coragem! É levantar enquanto o inimigo nos quer submissos ao chão. Falar enquanto ele nos quer calar. Continuarmos firmes enquanto ele nos quer fazer desistir.

Só aqueles que ousam proclamar a Palavra de Deus sobre suas vidas e a de outros, que apostam na verdade revelada por Cristo, experimentarão o Seu poder. Conhecerão a potência do Amor que criou o universo!

Enquanto a mentira fracassa como uma “propaganda enganosa”, a verdade vence pelo poder de Deus! Quem apostar no amor poderoso de Deus com Ele será vitorioso, contradirá o mundo com sua vida, proclamará que “se é bom demais e há um bem real, só pode ser verdade!”

 

Rosana Vitachi
Consagrada da Comunidade Católica Pantokrator

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.