As obras de Deus acontecem na velocidade da vida

0
velocidade

A velocidade de propagação da luz é de cerca de 300 mil KM/s, você sabia disso?? Incrível né!!? Nessa velocidade poderíamos dar 7,5 voltas ao mundo em apenas um segundo! Bem que outras coisas na nossa vida poderiam acontecer rápido assim, infeliz ou felizmente não acontecem.

Mesmo com a loucura que vivemos hoje, com muita informação a distância de um clique, uma comida ao toque do dedo no aplicativo, enfim, inúmeras facilidades do dia a dia, é curioso pensar que Deus não se atualizou ainda, insiste em demorar em realizar as obras na nossa vida. Como pode um Deus onisciente, onipresente, onipotente, não ter se atualizado nos prazos de entrega daquilo que necessitamos!? Um absurdo isso.

Obviamente essa minha colocação é recheada de ironia, imagina nós pobres criaturas pautando a ação de Deus. Se você não percebeu a ironia no parágrafo anterior e até pior, acha mesmo um absurdo viver as demoras de Deus, sinto lhe dizer que está no caminho errado, num atalho para o inferno. Sim, num atalho para o inferno. Pois sabemos muito bem quem se revoltou contra os planos de Deus, quem quis ser Deus, isso mesmo, o Demônio. Acredito que você não queira ter o mesmo destino, então leia esse texto até o final e vamos juntos aprender a viver uma espera com esperança e fé diante das demoras de Deus na nossa vida.

Meus caros leitores, nós, criaturas que somos, temos muitas necessidades, sonhos, projetos de vida, mas que se esbarram em uma coisa chamada tempo! O tempo é algo que não controlamos, podemos planejar todo o nosso dia numa agenda com horário para todas as coisas, mas sempre algo dá errado, porque a vida não cabe no nosso planner. É o ônibus que atrasa, o transito, ou aquela conversa que se estendeu um pouco mais, uma comida que não caiu bem no estômago, enfim, fatores que consomem tempo, mudam a rotina, exigem uma aceitação paciente da nossa parte, porque afinal de contas não podemos controlar fatores externos, apenas nossas reações diante dessas situações.

Velocidade dos acontecimentos 

E porque estou dizendo essas coisas tão óbvias? Porque o óbvio precisa ser dito, para não nos esquecermos nunca de verdades que norteiam nossa vida. Com a velocidade dos acontecimentos nos últimos tempos, perdemos de vista a grande verdade de que a vida acontece em slowmotion. Veja o tempo de germinação das sementes no campo, os tempos de fermentação do nosso pãozinho de cada dia, tudo, absolutamente tudo que vale a pena não acontece na velocidade da luz, mas na velocidade da vida. Não da vida moderna, mas da vida sonhada e criada por Deus. A vida que é gerada no ventre materno por nove meses, na vida que começa engatinhando, depois anda, depois fala e assim vai, tudo no seu ritmo.

Ao final desse texto deixarei uma passagem de Eclesiates, e convido você a ler e meditar nessa palavra de Deus hoje. Ao ler, vá deixando o Espírito te convencer a deixar de pautar a ação de Deus na sua vida. Deixa o Espírito libertar essa revolta, desespero, medo em aceitar que as obras de Deus acontecem na velocidade da vida. Deixe-se ser tomado por essa palavra que expurga o mal da ansiedade, da falta de esperança, da desistência durante a caminhada.

Não perca tempo, mas não tenha pressa, abandone-se nas Mãos de Deus. E nunca se esqueça dessa passagem de Esclesiates:

“Para tudo há um tempo, para cada coisa há um momento debaixo do céu: tempo de nascer e tempo de morrer; tempo de plantar e tempo de arrancar o que se plantou.

Tempo de matar e tempo de curar; tempo de demolir e tempo de construir.

Tempo de chorar e tempo de rir; tempo de gemer e tempo de dançar.

Tempo de atirar pedras e tempo de ajuntá-las; tempo de abraçar e tempo de apartar-se.

Tempo de procurar e tempo de perder; tempo de guardar e tempo de jogar fora.

Tempo de rasgar e tempo de costurar; tempo de calar e tempo de falar. Tempo de amar e tempo de odiar; tempo de guerra e tempo de paz.

Que proveito tira o trabalhador de sua obra?

Vi o trabalho que Deus impôs aos homens, para que nele se ocupassem. As coisas que Deus fez são boas a seu tempo. Ele pôs, além disso, no seu coração, a duração inteira, sem que ninguém possa compreender a obra divina de um extremo ao outro.” Ecl 3, 1 -13

Que Deus abençoe e a Virgem Santíssima nos ensine a viver na velocidade da vida sonhada por Deus.

Fernanda Guardia
Consagrada da Comunidade Católica Pantokrator 

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.