Como ouvir a voz de Deus, em meio ao barulho do mundo?

0
Barulho

Em meio a tantas vozes, tanto barulho exterior e interior, tantas notícias que ouvimos e lemos, como conseguiremos distinguir a voz de Deus que sussurra em nossos corações?

Deus nos convida a subir ao monte

No Antigo Testamento, conforme nos narra o livro do Êxodo (capítulo 19), o Senhor chamou Moisés ao Monte Sinai para anunciar-lhe a mensagem que deveria ser dita ao povo de Deus. Assim também, no Novo Testamento, “Jesus tomou consigo Pedro, Tiago e João, seu irmão, e conduziu-os à parte a uma alta montanha.” (Mt 17,1). Através de Sua Transfiguração, Jesus revelou a Sua Glória aos discípulos antecipadamente.

O monte ao qual esse mesmo Deus nos convida a subir hoje significa nossa vida de oração. A oração é o nosso local privilegiado de diálogo com Deus. Conforme avançamos na subida desse monte rumo a uma relação de intimidade crescente com o Senhor, nossos sentidos se afloram e nossa audição espiritual se torna mais aguçada para ouvi-Lo. É Deus vivo que fala aos nossos corações, Sua voz ecoa dentro de nossa alma.

À medida que cultivamos esse espaço de encontro com Deus dentro de nós, que é gerado pela vida de oração diária, constante e profunda, o Espírito Santo nos torna cada vez mais sensíveis e acessíveis à Voz de Deus, de tal forma que passamos a escutá-la em nossos corações nos detalhes da vida cotidiana. Mesmo quando não estamos no nosso momento de oração parada, permanecemos em íntima sintonia com Deus, capazes de ouvir Sua voz ecoar em nossas almas com palavras de amor, consolo, ensino, socorro, etc. É essa relação de intimidade com o Senhor que nos capacita a ouvir a Sua Voz, que nos mantém na “cela” dos nossos corações, embora estejamos rodeados por todos os lados dos barulhos do mundo.

Caminhar com a Igreja

Deus Se revela a cada um de nós e fala conosco individualmente na intimidade dos nossos corações. Cristo é vivo e Se manifesta a nós. Porém, é fundamental caminhar como Igreja. Nem sempre é fácil discernir a origem da voz que nos fala interiormente, pode ser até que venha da nossa própria imaginação.

É a revelação de Cristo e dos apóstolos, guardada pela Igreja, que nos protege de toda e qualquer confusão acerca das revelações divinas, incluindo as particulares, por isso elas devem ser sempre coerentes com os seus ensinamentos. Também é interessante procurar um sacerdote ou uma pessoa experimentada na Fé da Igreja que possa ajudar-lhe com uma direção espiritual.

Deus deseja falar aos nossos corações! Abramos nossos ouvidos espirituais para escutá-Lo! Éfeta! Abre-te!

 Que o Bom Deus nos abençoe!

 

Adriane Luz
Consagrada da Comunidade Católica Pantokrator

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.