Deus realiza milagres?

0
milagres

Como não acreditar que nosso Deus Poderoso opera milagres?!

Sim, eu creio que Deus realiza milagres diariamente na história da humanidade e na minha história de vida.

Ao pensarmos sobre os milagres de Deus, podemos erroneamente procurar por GRANDES milagres. Como assim, grandes milagres? Milagres como a cura de um câncer ou sobreviver a um acidente de carro; ou multiplicação de pães, transformação de água em vinho e assim vai…

Verdade que são exemplos de grandes milagres de Deus. Nem sempre somos testemunhas de grandes milagres em nossas vidas. Mas, com certeza, somos testemunhas de milagres cotidianos de Deus pelo simples fato de crermos no Senhor, Deus Poderoso, que opera milagres e prodígios freqüentemente e ordinariamente.

Somente pelo fato de estarmos vivos e com saúde já somos testemunhos de um milagre de Deus. Se permanecemos fiéis e com fé em tempos tão desafiadores e difíceis, já estamos presenciando milagres de Deus em nossas vidas. Se diariamente podemos contemplar a beleza da criação de Deus, ter alimento em nossas mesas, acordar para trabalhar e conviver com nossos familiares, estamos testemunhando os milagres de Deus em nossa existência.

Se somos capazes de amar as pessoas e não desistir delas quando o cansaço e os desafios tornam-se insuportáveis, estamos testemunhando milagres.

Quando conseguimos desejar ou fazer o bem para o outro, testemunhamos um milagre de Deus. Enfim, poderia ficar aqui exemplificando vários milagres de Deus que acontecem TODO santo dia, durante anos a fio. Milagres que muitas vezes podem ser banalizados pela rotina ou correria da vida.

Em João 20, 29-31 lemos: “Porque me viu, você creu? Felizes os que não viram e creram”. Lemos nas Sagradas Escrituras relatos de vários milagres de Jesus.  Sem mencionar os milagres que Jesus deve ter feito e que não foram contados pelos evangelistas. É impossível que Deus, sendo tão Amoroso, Bondoso e Poderoso, não opere milagres todos os dias. Como pode Deus, deparando-se com a nossa humanidade tão fraca, miserável, carente de tantas coisas, não compadecer-se e fazer milagres? Como é possível um Pai, que tem Poder ilimitado, olhar para seus filhos tão limitados e não derramar bênçãos e milagres sobre a existência deles? Claro que Deus faz milagres diariamente e o tempo todo!

Eu, você, nós é que talvez não estejamos enxergando os mimos que Deus nos confere. Ou então, estejamos focados somente nos milagres que queremos receber, da nossa maneira e no momento que desejamos, ficando insensíveis aos milagres que Ele opera na sutileza e simplicidade de nosso cotidiano.

É tempo de louvarmos e agradecermos a Deus por tudo, por todas as bênçãos e milagres que Ele nos concede o tempo todo!

No salmo 77, versículo 14, rezamos: “Tu és o Deus que realiza milagres; mostras o teu poder entre os povos”. Sem dúvida, Deus faz e mostra. Basta termos sentidos para percebê-los.

Milagres que Deus fez na minha vida

Houve um tempo na minha história em que estava convicta de que Deus não operava mais milagres em minha vida. Frequentemente questionava: “Senhor, por que não opera mais milagres na minha vida?”. Em uma das vezes que fazia essa pergunta a Deus, Ele me respondeu com a seguinte passagem bíblica: “E não realizou muitos milagres ali por causa da incredulidade deles.” (Mateus 13, 58). Fiquei chocada com a resposta de Deus!

A partir daí busquei crescer na fé e clamar a graça de Deus de perceber os milagres que operou e ainda operava na minha história de vida. E, para a honra e glória de Deus, muitas lembranças vieram à minha mente, comprovando que Deus fazia milagres constantemente, apesar das minhas exigências e incredulidades. Nunca mais duvidei da ação e providência milagrosa de Deus na minha vida.

Vou compartilhar alguns com vocês:

  • Milagre do meu nascimento: Meu nascimento foi prematuro, de 8 meses, numa cidade pequena sem muitos recursos médicos. Minha mãe precisou ser submetida a uma cesariana complicada. Como ainda não tinha completado 31 semanas de gestação, meus pulmões ainda não estavam maduros e precisei ir direto para uma incubadora. Nas primeiras 48 horas de vida, meu estado de saúde estava bem precário. Fui “desenganada” pelos médicos. Meus pais quiseram chamar um padre para me batizar antes que viesse a óbito. Meus avós maternos seriam meus padrinhos de Batismo. Minha saudosa e querida avó Dona Olímpia era uma mulher muito simples, com pouco estudo, mas com uma fé gigantesca em Maria Santíssima e em Deus. Ela se recusou a me batizar naquele momento profetizando: “Essa menina será batizada na Igreja quando completar seu tempo de gestação na incubadora. Ela não morrerá. Deus não permitirá.” De fato, fui batizada 45 dias depois que nasci, na Igreja onde meus avós e pais se casaram. Sim, foi um milagre!
  • Milagre da minha “não cirurgia”: Aos 24 anos descobri um osteoma (tumor benigno) no crânio que crescia a cada ano. Embora não fosse maligno, a cirurgia foi marcada. Tinha que tomar anestesia geral. Diante da minha ignorância sobre fazer jejum absoluto, que para mim era somente de alimento sólido, ou seja, não incluía líquidos (especialmente água), uma hora antes de ser internada para fazer a cirurgia, bebi 1 copo de água. Ao chegar no centro cirúrgico, a médica anestesista perguntou se eu estava em jejum absoluto, obtendo de mim uma resposta positiva. Eu já deitada na mesa cirúrgica, estando com a agulha da anestesia espetada na veia do meu braço, a mesma médica pergunta: “Você não bebeu água, certo?” Minha resposta foi: “Sim, bebi 1 copo de água antes de vir para o hospital”. Todos que estavam no centro cirúrgico ficaram em silêncio. Minha cirurgia foi cancelada na hora com alegação de alta possibilidade de morte durante a cirurgia por conta de um simples copo de água. Sim, foi um milagre!
  • Milagre de sair ilesa num acidente de carro: Meu carro capotou seis vezes numa estrada durante uma viagem num dia chuvoso. Eu estava dirigindo e numa freada brusca perdi o controle do carro. Por graça de Deus, o acidente não envolveu nenhum outro carro e nem pessoas! Meu carro, depois de capotar seis vezes no ar, ficou de rodas para cima. Consegui sair do carro sem um arranhão sequer. Sim, foi um milagre!
  • Milagre da presença de Deus na vida da minha mãe: Aos 55 anos, minha mãe começou a apresentar sinais de Alzheimer, o que veio se confirmar dois anos depois. Quando ela estava com oito anos da doença, já não conseguia mais comunicar-se verbalmente. Falava palavras desconexas e sem sentido. Não conseguia mais formular frases. Numa tarde eu estava com ela no jardim tomando sol e, rezando, pedia a Deus que cuidasse dela, de sua vida e desse a nós, familiares, forças para suportar a tristeza de perda gradativa dela em nossas vidas. Na verdade, naquela época eu estava meio descrente de que, de fato, Deus cuidava da minha mãe e família. “Do nada” minha mãe olhou para mim e disse: “Deus é Bom!”. Sim, foi um milagre!

Poderia ficar aqui enumerando e testemunhando vários outros pequenos e expressivos milagres de Deus na minha vida.

Nosso querido Deus é expert em infinitas coisas! Uma delas é em fazer MILAGRES!

Sim, Deus fez, faz e continuará fazendo muitos milagres na minha vida e na tua, até o momento de nos encontramos com Ele face a face no céu.

Meu Senhor, agradeço de coração por todo e qualquer singelo milagre que já tenha providenciado na minha vida. Minha vida é um milagre! Minha vocação é um milagre! Meu dia a dia é regado de milagres que são pequenos gestos de amor e de cuidado pela minha existência. Te louvo e agradeço por cada um deles! Pelos milagres visíveis e invisíveis do meu cotidiano”. Amém.”

Marcia Maria Tognetti Correa
Consagrada da Comunidade Católica Pantokrator

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.