Oito coisas que todo cristão precisa saber para turbinar sua fé

0
fé

A fé é um dom de Deus, uma virtude sobrenatural infundida por Ele. Como está a sua fé neste ano? Está precisando dar uma turbinada na sua vida de santidade? Então, confira essas 8 dicas que preparamos para você!

  1. Vida de Oração

“A fé nasce no encontro com o Deus vivo, que nos chama e revela o seu amor: um amor que nos precede e sobre o qual podemos apoiar-nos para construir solidamente a vida” (¹). Precisamos cada dia mais desejar estar com Deus, manter um relacionamento de amor e amizade. Colocar a vida de oração como destaque do nosso dia, para que traga fecundidade para todas as nossas ações. Dê prioridade, reserve um tempo para esse momento de intimidade. Busque a adoração ao Santíssimo, participe da missa, volte à casa do Pai. Tenha o Espírito Santo como seu conselheiro.

  1. Escutar a Palavra de Deus

A Fé está ligada à escuta. Uma escuta atenta e vigilante ao que o Senhor quer nos ensinar, revelar e exortar. Damos ouvidos a tantas notícias durante o dia que vão minando a nossa fé, sugando a nossa energia. Quando submetemos a nossa vida a essa escuta da Palavra do Senhor, vamos sendo gerados na confiança, abandono, fidelidade, perseverança… nada de deixar a Bíblia empoeirada em cima do móvel, faça dela a sua proteção! “Revesti-vos da armadura de Deus, para que possais resistir às ciladas do demônio” (Ef. 6,11).

  1. Fazer Memória

Você já percebeu como a nossa mente capta mais as coisas ruins do que as boas? Chega um momento em que você precisa ativar a sua memória espiritual. Revisitar o Evangelho do dia, ou mesmo pegar um versículo da Bíblia que foi importante para a sua caminhada. Relembrar as experiências com o Amor de Deus, perceber os cuidados e abundância da Sua misericórdia e providência. A exemplo de Maria, compor o seu próprio Magnificat, um verdadeiro canto de louvor e gratidão. “Porque realizou em mim maravilhas aquele que é poderoso e cujo nome é Santo” (Lc. 1,49).

  1. Lutar contra o pecado

“Não se coloca vinho novo em odres velhos; do contrário, os odres se rompem, o vinho se derrama e os odres se perdem. Coloca-se, porém, o vinho novo em odres novos, e assim tanto um como outro se conservam” (Mt. 9,17). É necessário lutar pela nossa conversão, buscar a santidade custe o que custar. Não podemos abrir concessão ao inimigo de Deus, pois a nossa meta precisa ser o Céu. Busque o sacramento da Confissão, trabalhe pela conquista das virtudes.

  1. Ler sobre a Vida dos Santos

Os santos são grandes exemplos para nós. Talvez você até tenha um santo de devoção, mas não conheça a fundo a sua história. Existe uma variedade de homens e mulheres que deram a vida pelo Reino. Crianças, jovens, casais, religiosos, famílias inteiras que nos ensinam os valores do Céu e fortalecem a nossa fé.

  1. Ser filho no Filho

Aprender a ser filho no Filho. “A fé não só olha para Jesus, mas olha também a partir da perspectiva de Jesus e com os seus olhos: é uma participação no seu modo de ver. Em muitos âmbitos da vida, fiamo-nos de outras pessoas que conhecem as coisas melhor do que nós (…) Precisamos também de alguém que seja fiável e perito nas coisas de Deus: Jesus, seu Filho, apresenta-Se como Aquele que nos explica Deus (cf. Jo 1, 18). A vida de Cristo, a sua maneira de conhecer o Pai, de viver totalmente em relação com Ele abre um espaço novo à experiência humana, e nós podemos entrar nele” (²)

  1. Ser dom

A fé ilumina as relações humanas. A nossa vida precisa irradiar, ser presente para o outro. Muitas vezes estamos focados nos nossos problemas, projetos, sonhos e esquecemos de olhar à nossa volta. Gosto de uma canção que diz assim: “Do que vale o existir, se não for para te ofertar”. Que possamos ser a extensão do amor providente de Deus para aqueles que precisam do alimento material e espiritual.

  1. Conhecer a Verdade

“Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará” (Jo 8,32). O que tem de “fake news” por aí não é brincadeira. Nós precisamos alicerçar a nossa fé na Verdade. Para isso, precisamos conhecer as verdades da nossa fé, estudar, buscar os documentos da Igreja…. nada de preguiça! Se não, somos arrastados pela onda do relativismo.

E aí, gostou? Você aumentaria esta lista? Responde aí nos comentários! Fique com Deus!

Andressa Aparecida da Silva
Consagrada da Comunidade Católica Pantokrator 

Referências:

  1. Carta Encíclica Lumen Fidei, 4
  2. Idem,18

 

 

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.