O que fazer quando te falta esperança?

1
Esperança

Escute aqui a transcrição dessa matéria

Vivemos tempos de instabilidade e insegurança, diante de uma nova realidade que nos é imposta. Em momentos como este é comum vermos as pessoas perderem a “esperança”. A desesperança nos leva a um estado de desânimo, cansaço, fadiga e desespero. E o pior, nos afasta de Deus. Diante disso, o que podemos fazer? Como retomar a esperança?
Em primeiro lugar é importante não confundir esperança com expectativa e muito menos com um mero estado de ânimo. Esperar vai muito além do que nossas capacidades humanas podem supor. “A esperança é a virtude teologal pela qual desejamos o Reino dos Céus e a Vida Eterna como nossa felicidade, pondo toda a nossa confiança nas promessas de Cristo e apoiando-nos, não nas nossas forças, mas no socorro da graça do Espírito Santo” (CIC §1817). Sendo assim, a esperança é um dom de Deus, derramado sobre nós pelo Espirito Santo.
Apesar de ser um presente, uma graça que nos é dada por Deus através do Espirito Santo, cabe a nós desejá-la, buscá-la e nutri-la. Para se ter uma esperança viva, é preciso que nos coloquemos em movimento, pois esperança também não é sinônimo de estagnação, de “espera parada”.  Tendo isso em mente, podemos lançar mão de algumas “estratégias” que nos ajudarão a alimentar nossa esperança.

“…é em Deus que eu ponho minha esperança” Sl 55

Na maioria das vezes, nos frustramos porque colocamos a nossa esperança em nós mesmos, nos outros ou no dinheiro. Tomamos decisões e fazemos escolhas embasados nos nossos ideais de felicidade. E quando as coisas saem do esperado, nos desiludimos e nos perdemos. A verdadeira felicidade só será encontrada em Deus; sendo assim, devemos ter um olhar para a eternidade e não para o que é efêmero. Tendo em vista o céu, nos lançamos confiantes na Vontade de Deus e isso impulsiona nossa Esperança.

“… ouves, Senhor, o meu clamor; …e aguardo com esperança.” Sl 5

Sendo a esperança um dom de Deus, podemos pedi-la através da oração. Sim! Peça a Deus uma esperança nova, viva. Clame ao Espirito Santo que retome sua esperança. Reconheça diante de Deus que precisa Dele e suplique Sua misericórdia e Seu amor. Busque na Palavra de Deus as consolações e o vigor para prosseguir.  Através da oração, nos reaproximamos de Deus, nos tornamos íntimos Dele. A intimidade nos proporciona a amizade com Deus. Isto torna nossa esperança mais sólida, pois é muito mais fácil confiarmos e esperarmos em quem conhecemos.

“Sede alegres na esperança, pacientes na tribulação e perseverantes na oração” Rm 12, 12

A confiança em Deus e a perseverança na oração fazem brotar em nós a paz. Um coração em paz consegue encontrar paciência e tranquilidade para focar no que realmente importa. Desta forma, é capaz de dar passos e buscar soluções. Quando nos vemos em movimento, nossa esperança é renovada e somos tomados de alegria.
Quero ressaltar que nada disso vai acontecer como “num passe de mágica”; será preciso decisão, renúncia e muita oração. Um lançar-se em Deus e um caminhar na fé que nos levará a um renascer na esperança. “Conservemo-nos firmemente apegados à nossa esperança, porque é fiel aquele cuja promessa aguardamos” (Hb 10, 23).

Luciana Santos Ronqui
Consagrada da Comunidade Católica Pantokrator

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.

3 × 3 =