Início Artigos Pantokrator

“Obrigada, Senhor, por me haverdes criado”.

0
criado

Escute aqui a transcrição dessa matéria

As palavras acima foram umas das últimas pronunciadas por Santa Clara, em seu leito de morte. Através delas, a jovem santa de Assis, demonstra toda sua gratidão por ter sido criada, num verdadeiro canto de louvor ao Criador.
O que podemos aprender com essas simples palavras de Santa Clara? Temos sido gratos ao Senhor pelas nossas vidas?

Criação – desejo de Deus por nós!

Deus não cria ninguém “por acaso”. Toda criação é uma explosão do Seu Amor, embora, em muitos casos, as diversas circunstâncias humanas insistam em nos convencer do contrário. Cada um de nós foi gerado em um profundo gesto do Imenso Amor de Deus. Fomos todos criados à Sua Imagem e Semelhança (conf. Gen 1, 27) para habitarmos no Amor da Santíssima Trindade e participarmos de Sua Glória!
Uma vez que fazemos a experiência do Amor Imensurável e Incondicional de Deus na Pessoa de Jesus Cristo, por obra do Espírito Santo, descobrimos que somos profundamente desejados e sonhados por Deus e somos capazes de tomar posse dessa realidade em nossas vidas!

Em tudo dai graças! (1 Tes 5,18)

Certos de que somos amados incondicionalmente pelo Senhor e ancorados na Sua promessa de que “tudo concorre para o bem daqueles que amam a Deus” (Rom 8,28), conseguimos vivenciar os altos e baixos da vida com fé e esperança em Deus, sem nos deixar abalar pelo desespero nas horas difíceis.
Sejamos gratos a Deus! N’Ele, em tudo encontramos sentido! Que os nossos momentos de alegria não sejam apenas de uma euforia passageira e superficial, mas que toquemos a alegria do Céu. E que nos momentos de aflição e sofrimento, nos unimos às dores de Cristo na cruz e junto com Ele seremos, em mistério, redentores da humanidade. Para alcançar a ressurreição e a glória, precisaremos vencer as “mortes” que a vida nos apresenta, no amor e no louvor.

Gratidão que nos transforma

Viveremos, então, a gratidão em cada passo do nosso cotidiano, nos grandes e nos pequenos. No entanto, o Senhor nos chama a ousar e dar um passo ainda maior! Ele nos chama a realizar o verdadeiro propósito para o qual fomos criados! Conquistados por Cristo, desejamos ardentemente retribuir com amor ao nosso Criador! É, então, que a gratidão se transforma em mudança interior e oferta de vida a Deus.
A jovem de Assis, há alguns séculos, diante de uma profunda experiência com Deus, não hesitou em ofertar a sua juventude e toda a sua vida para responder ao Amor d’Aquele que a amou primeiro. Deixou o conforto e a riqueza de seu lar para perseguir a vontade de Deus e se tornou uma grande santa, conhecida por todos pela sua coragem, despojamento e ousadia!
Que assim como Santa Clara, e tantos outros santos de todos os tempos e lugares, também tenhamos a coragem e a ousadia de desapegar dos nossos planos e projetos e nos permitir conhecer os desígnios de Deus para a nossa criação! Deixemo-nos ser surpreendidos por Ele e um dia cantaremos, com a Virgem Maria, o nosso Magnificat:

“… Porque realizou em mim maravilhas aquele que é poderoso e cujo nome é Santo”.

Que o Bom Deus nos abençoe!

Adriane Luz
Consagrada da Comunidade Católica Pantokrator

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.

18 + 4 =

×