A fé é uma decisão tomada que se traduz na vida

0
fé

Fé é confiar em Deus! Ter fé é um ato de decisão, uma atitude de total confiança que se traduz na vida. Mesmo que não haja nenhuma evidência, é ela que me faz caminhar na certeza de que a cada passo que eu der, Deus colocará o chão: primeiro eu piso, só depois eu vejo.

A fé é o fundamento da esperança, é uma certeza a respeito do que não se vê. Foi ela que fez a glória dos nossos antepassados. Pela fé reconhecemos que o mundo foi formado pela palavra de Deus e que as coisas visíveis se originam das invisíveis.” (Hb 11,1-3). A fé vai além dos sentimentos, pois ela não sente, simplesmente sabe que Deus é fiel. Ter fé é viver esse firme fundamento em tudo que se espera; é viver a vontade de Deus por meio de sua palavra, deixá-Lo administrar nossa vida a exemplo de outros que se deixaram conduzir por Ele e não erraram.

“Foi pela fé que Abraão, obedecendo ao apelo divino, partiu para uma terra que deveria receber em herança. E partiu não sabendo para onde ia. Foi pela fé que habitou a terra prometida” (Hb 11,8-9). E hoje o Senhor deseja nos fazer habitar sua terra prometida, Ele nos convida a habitar o seu amor poderoso por meio de constantes atos de fé. Assim, reconheceremos que é a sua palavra que recria o mundo e nos eleva além de todas as realidades que vivemos, sejam elas visíveis ou invisíveis.

Atos de fé

Os atos de fé iluminam nossa inteligência pela ação do Espírito Santo, dando a nós um profundo conhecimento diante de uma verdade de fé que move a nossa vontade, para que amemos mais Deus. Um exemplo é a profissão de fé que São Pedro fez quando declarou: “Tu és o Cristo, o Filho de Deus vivo!” (Mt 16,16). Pedro já sabia que Jesus era o Cristo, Filho de Deus, mas quando fez este ato de fé Pedro recebeu uma graça divina, que o fez conhecer essa verdade de forma sobrenatural e profunda, a ponto de ouvir do próprio Jesus: “Feliz és, Simão, filho de Jonas, porque não foi a carne nem o sangue que te revelou isto, mas meu Pai que está nos céus” (Mt 16,17).

O primeiro passo, para que possamos viver atos de fé, é o de nos colocarmos em oração, pois nela nos encontramos com Deus de maneira íntima, principalmente por meio de Sua palavra (a leitura orante da bíblia, a adoração ao Santíssimo Sacramento, a comunhão na Santa Missa). Mas para que isso aconteça, é importante nos desligarmos das nossas agitações e de tudo o que é exterior, de modo que possamos nos voltar a Deus no silêncio. Depois é importante permanecermos nessa intimidade em tudo o que fizermos, deixando que nossa memória seja habitada por Deus e Sua palavra.

É aí que a fé se traduz em nossas vidas, pois a oração nos abre à ação da graça de Cristo. Ademais, nossa vontade move nossa inteligência que, diante das situações e dificuldades, passa a crer com mais firmeza, impulsionando-nos a uma nova resposta de amor e confiança plena em Deus. Pela fé, Deus é sempre a resposta, independente da pergunta.

Pela fé, sabemos que Ele é nossa segurança

Vivemos tempos difíceis diante dessa pandemia, não é verdade?! Estamos constantemente submetidos ao medo, a incertezas, perdas de entes queridos e amigos. No entanto, não temos nada a temer, pois se confiamos em Deus, pela fé, sabemos que Ele é nossa segurança.

Diante do medo da morte eu posso crer: “É ele quem te livra do laço do caçador e da peste perniciosa, Ele te cobrirá com suas plumas, sob suas asas encontrarás refúgio, Sua fidelidade te será um escudo e proteção”.(Sl 90, 3,4)

Perdi um ente querido, estou vivendo um profundo sofrimento, mas pela fé eu habito a paz do Senhor: “O Senhor deu, o Senhor tirou, bendito seja o nome do Senhor” ( Jó 1,21) ou ainda: “pois estou certo de que nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem alguma outra criatura pode nos separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus, nosso Senhor!” (Ro 8, 38-39)

Na intimidade de Jesus

Abraão, diante do questionamento de Isaac sobre onde estaria o cordeiro para o holocausto, mesmo sabendo que precisaria sacrificar seu próprio filho, num profundo ato de fé respondeu: “Deus proverá” (conf Gn 22,8)

Perdeu seu emprego, tem passado dificuldades financeiras ou de qualquer outra natureza? Não murmure, louve a Deus! O louvor também é um ato de fé e confiança, que atrai o olhar de Deus para nós. Seja habitado pela palavra de Deus que nos diz: “Não te deixarei nem te abandonarei” (Hb 13,5).

Peçamos a Virgem Santíssima – nossa mãe, exemplo de fé e esperança – que nos ensine a viver uma fé viva e confiante, experimentada na intimidade de seu filho Jesus e traduzida em nossas vidas ordinárias. “Bem aventurada és tu que crestes, pois hão de se cumprir as coisas que da parte do Senhor te foram ditas!” (Lu 1,45).

Vanessa Ozelin
Consagrada da Comunidade Católica Pantokrator

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.