Ser dependente ou independente?

0
dependente

Ser dependente na sociedade atual pode soar como um retrocesso. Cada vez mais, o mundo nos impulsiona para uma vida independente. É fácil encontrar slogans que saltam aos nossos olhos: “Conquiste a sua independência financeira”, “Só depende de você”, “Faça você mesmo”. Mas será que só depende de nós?

Se pararmos para pensar, muitas situações em nossas vidas dependem da nossa adesão, perseverança, tomada de atitude, compromisso. Circunstâncias que não tiram a nossa responsabilidade pessoal. Por outro lado, fazemos um grande esforço para alcançar nossos objetivos, sem levar em consideração que temos uma ajuda necessária.

 

Ajuda que vem do alto

E essa ajuda vem do alto! Deus quer cuidar de cada um de nós. Não quer que caminhemos sozinhos. Está aí o segredo: ser dependente de Deus. O Catecismo da Igreja Católica (CIC) no parágrafo 27 vai dizer: “O desejo de Deus está inscrito no coração do homem, já que o homem é criado por Deus e para Deus; e Deus não cessa de atrair o homem a si, e somente em Deus o homem há de encontrar a verdade e a felicidade que não cessa de procurar”.

O documento completa ainda que o homem só vive plenamente, segundo a verdade, se reconhecer livremente o amor de Deus e se entregar a ele. Essa foi uma descoberta experimentada por São João da Cruz: “A alma virtuosa, mas sozinha e sem mestre, é como o carvão aceso que está isolado: antes se vai esfriando que acendendo”.

Temos muitas potencialidades, mas sem a graça de Deus é como um carvão aceso isolado, que com o tempo vai perdendo o seu brilho e esfriando. “Sem o Criador, a criatura se esvai”.1 Ao contrário, quando estamos unidos ao nosso mestre, a chama do seu amor poderoso nos fortalece e nos dá a capacidade de avançarmos na sua vontade. Não mais, só com as nossas forças, mas com as forças de Deus.

 

Passos para ser dependente

Oração

Precisamos nos unir ao Pai pela oração. A oração é um passo de humildade e dependência. Neste relacionamento, vamos conhecendo a Deus e permitindo que Ele nos gere em sua palavra. Trazemos em nosso coração muitas palavras negativas relacionadas à dependência. Vem a nossa mente o medo de sofrer, as perdas das seguranças, e até mesmo o pensamento de que a dependência é para os fracos.

É como olhar um bordado pelo lado avesso, só enxergamos uma imagem distorcida. Clamemos a graça do Espírito Santo, para que ilumine os nossos pensamentos com a verdade.

Ser pequeno

Santa Teresinha do Menino Jesus nos ensina que é muito doce se sentir fraco e pequeno, pois é nas nossas impotências que Deus revela a Sua potência. “Meu caminho é o caminho da infância espiritual, o caminho da confiança e da entrega absoluta”.  Como uma criança que confia no seu pai, precisamos confiar em Deus. Ele nos ama. Quanto mais buscamos o Senhor, mais nos abandonamos e crescemos na dependência.

Renúncia

Precisamos renunciar ao deus que colocamos no lugar de Deus. Esse deus pode ser o egoísmo, a autossuficiência, o individualismo, o orgulho, a desconfiança, a indiferença… Faça uma faxina no seu coração, busque o sacramento da confissão. Deixe Deus assumir o lugar que lhe é devido e você jamais irá trocar a dependência pela independência. Com Deus é muito bom ser dependente.

Deus abençoe!

Andressa Silva
Consagrada da Comunidade Pantokrator

Referências:
1. Gaudium et spes, 26

 

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.