O que te faz realmente feliz?

2
feliz

Quantas vezes você já parou para pensar se realmente é feliz? Ou o que é de fato felicidade?

Muito além de momentos, a felicidade jamais pode estar meramente ligada aos fatos ou acontecimentos. Ela não é algo ou uma situação que se busca fora, nos contextos da vida, mas sim, dentro de si! Todo mundo um dia já ouviu a frase: “A felicidade mora dentro de você!”, Mas, afinal, o que significa a felicidade morar dentro de nós?

“1 Não se perturbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. 2 Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito. Vou preparar-vos lugar.” (Jo 14, 1-2)

Qual a chave de acesso para ser feliz?

Santa Teresa D’Ávila descreve nossa alma, nossa vida interior, como um Castelo e no centro deste castelo vive o Rei. A chave de acesso a este interior só é concedida através da vida de oração, em colocar-se em estado de graça – com frequente confissão e abandono da prática de pecados graves – e com reta intenção de amar o Pai, de modo que cresçamos passo a passo em humildade. Nós contribuímos apenas com a nossa decisão firme e livre na qual Deus Se derrama em abundante graça. O que faz com que tenhamos progresso segundo Sua bondade e, dessa forma, ir ainda nesta vida ao Seu aposento!

“Permanecei em mim, que Eu permaneço em vós. Tal como o ramo não pode dar fruto por si mesmo, mas só permanecendo na videira, assim também acontecerá convosco, se não permanecerdes em mim.” (Jo 15, 4)

….o texto continua após imagem….

Nos dias atuais corremos o risco de passar uma vida toda vivendo fora de nós mesmos. Sempre distraídos com nossos afazeres, com as dificuldades e sofrimentos; sem jamais conseguir separar os aspectos próprios da vida humana, da felicidade que cada indivíduo é chamado a viver e baseado em sentimentos despertados pelas situações, medimos nossa felicidade e nos declaramos felizes ou infelizes. Deus não nos criou para vivermos assim. Ele nos chamou para participarmos de Sua vida bem-aventurada, nos fez para sermos integrantes da participação desta vida divina. A vida de Deus habita nosso interior!

A experiência de amor

Quando tomamos posse desta verdade entendemos que não precisamos contar tanto com as nossas forças e com as nossas capacidades, mas que devemos esperar n’Ele. Passamos a compreender que não importa o que nos aconteça – independente das angústias e tribulações – Deus permanece conosco na caminhada desta vida e deseja o céu a nós, deseja que sejamos consumidos na contínua experiência de amor que transborda da Trindade Santa!

Se você se considera infeliz ou mede sua felicidade por aquilo que lhe acontece, talvez este seja o momento para buscar uma autorreflexão e se olhar com os olhos de Deus. Medite quantas vezes em sua vida suas emoções dominam sua razão de modo que te paralise. Quantas vezes você se decide apenas pelo o que está mais fácil ou te faz sofrer menos, o quanto baseia sua felicidade apenas quando não está sendo contrariado.

Coloque-se nesta caminhada com Cristo e reflita como Ele, verdadeiro Deus e verdadeiro Homem, vivenciou suas emoções e sentimentos, e como se decidiu ao ponto de dar-se inteiramente. Ele veio a este mundo, serviu e amou a todos, sem cobrar retribuição alguma, mas jamais permitia que a dignidade da vida humana fosse sucateada ou desmerecida. Este caminho nos conduz a uma felicidade sem fim. É entender que sua vida está passando por aqui, mas que não pertence a este mundo! É entender que o outro não tem domínio sobre sua felicidade, pois isto está em Deus. Seja feliz!

Larissa Martins Machado
Postulante da Comunidade Católica Pantokrator

2 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui.